11 de dez de 2017

Hidrate-se! Tome bastante água!

A água é um santo remédio! Isso mesmo, a bebida mais acessível oferecida pela natureza é capaz de prevenir muitos males, além de ser bom pra pele, para os cabelos, para as unhas e também para auxiliar para que possamos ter uma bela silhueta.

Quem toma de 4 a 5 copos de água copos de água por dia, jamais vai parar no hospital por conta de problemas nos rins. E olha que pessoas sendo hospitalizadas por problemas renais, por falta de ingestão de líquidos, é mais comum do que possamos imaginar.

Água é vida! Mas, atenção! Nada de armazenar água em garrafas de plástico, por conta do hormônio que o plástico vai liberando e se misturando com a água, contaminando-a! Armazenar água só em garrafa de vidro, ok?

O vídeo a seguir do Incrível tem mais um monte de argumentos capaz de nos convencer a ingerirmos mais água durante o dia!

10 de dez de 2017

Os nomes de bebês mais populares de 2017

Os nomes mais escolhidos pelos novos papais em 2017 foram Miguel, para meninos, e Alice, para as meninas. Ainda para os bebês do sexo feminino, Sophia segue no segundo lugar, no terceiro, Helena, e a quarta posição ficou com Valentina

Já para os meninos, Arthur, Bernardo e Heitor ocupam, respectivamente, a segunda posição, a terceira e a quarta posição. Enzo, em alta, é outro estreante no top 10.

O ranking foi elaborado a partir de 362.800 nomes de bebês nascidos ao longo de 2017 e cadastrados no site BabyCenter.

Destacando os mais populares desse ano:

4 de dez de 2017

O panetone mais caro do mundo

Panetone é uma delícia. Panetone de chocolate é divino. E que tal um panetone todo revestido em ouro? 

Dario Hartvig da "Pasticceria del Borgo", na Itália, confeccionou, a pedido, dois panetones, de 5 quilos cada um, sendo que um vai para a Rússia, cujo o comprador já adquire a iguaria desde 2013; e o outro panetone vai para a Índía, como presente de casamento. E além de ser revestido em outro comestível, o panetone leva, ainda, diamantes da marca Crieri. Precinho? 500 mil Euros (o equivalente a R$ 1.925.225.0000 na cotação de hoje).

A massa dessa luxuosa iguaria  leva açúcar, farinha, manteiga, ovos, açafrão, chocolate de cacau equatoriano, além de flocos de ouro alimentar. Na cobertura, uma folha de ouro 22 quilates e decoração com brilhantes. 


A "Pasticceria del Borgo" oferece também uma versão mais "simples" do panetone, de um 1 quilo, e com folha de ouro alimentício e decoração em cristais, por 800 euros (R$ 3.080 aprox.).

É muita ostentação, né não?

2 de dez de 2017

Os cristais de 2018

O citrino, ou quartzo citrino, é a pedra de 2018, pois está associada ao planeta Júpiter. Ela pode variar da cor dourado claro a castanho escuro. E é ligada ao chakra do umbigo.

O citrino é perfeito para fortalecer o corpo físico e psíquico e ela trabalha no campo da expansão, transformando a vida, colocando a casa em ordem, descartando o que é supérfluo.

A utilização do citrino por pessoas muito sensíveis favorece em deixá-las menos suscetíveis a energias negativas.

O citrino impulsiona de dentro pra fora, portanto muito favorável para dar confiança e segurança. Vai tratar de questões de negócios e de família? Use-o!

Em 2018, para que você e o pessoal da sua casa não fiquem estagnados, com energia parada, coloque um citrino em casa (de preferência, o citrino mais dourado, mais claro).

O quartzo branco ou límpido também é uma pedra para se ter, juntamente com o citrino, pois facilita na expansão da conscientização, o que tem tudo a ver com o próximo ano, porque, como coloquei anteriormente, ou se acorda para vida ou vai sofrer as consequências.


E como 2018 resulta no 2, e dois é parceria, união, e também está muito ligada ao universo feminino e às águas, outra pedra favorável para se ter, é a pedra da lua, que é uma pedra linda, e é a pedra que equilibra as emoções, portanto muito associada ao signo de Libra. Em ciclo menstrual, a mulherada tem que ter uma pedra dessas por perto. Ela propicia calma e paz de espírito. Tê-la, segundo dizem, é uma dádiva!

27 de nov de 2017

2018 vai ser o ano do número 2

O ano de 2018 vai ser regido pelo número 2 (2+0+1+8=11= 1+1=2). Algumas pessoas podem questionar, em função do número 11 não ser contraído. Mas nesse caso, as conexões de essência com o ser humano atendem à numerologia pitagórica, e esta vai somente do 1 ao 9.  A gente não vai ignorar que o 11 esteja presente nessa influência do ano 2.  2018 não terá a mesma energia que teve 1991, por exemplo (1+9+9+1= 20 = 2+0=2), mas ainda assim consideremos o 2.

O que representa o 2? Casal, dupla, parceria. Então, podemos dizer que 2018 vai ser o ano da parceria em todos os setores.

Mas como tudo na vida não tem só o lado positivo, mas também o negativo, 2018 também pode ser um ano que, ao invés de parceria, a dependência do outro pode tomar conta (e isso vale para trabalho, relacionamento afetivo, enfim).

O 2 também sugere polaridade, não é verdade? Então, para alguns será um ano de expansão, ano em que enxergarão as oportunidades e prosperarão, mesmo com toda crise que anda por aí. Ao passo que aquelas pessoas que ainda estiverem perdidas vão passar por mais perrengue, por mais sacrifício (releia o post sobre Júpiter), por incompreensão, e por aí vai.

A gente pode dizer que em 2018, as máscaras vão cair.

A androginia do 11 vai favorecer as pessoas que estão desprendidas de valores sócio-culturais, de questões de opção sexual ou mesmo social, porque a divisão do 11, ao nível da alma, é andrógino. O próximo ano será de vanguarda, de ausência de rótulos. Mas é aquele negócio, quem se comportar de forma antipática, arrogante, vai ter problema. É cada um na sua e todo mundo vivendo em harmonia. entendeu?

Se por um lado o próximo ano vai ser reservado à expansão, inclusive da consciência, vai ser um ano em que as energias negativas também poderão ser absorvidas com grande facilidade.

2018 vai ser um ano muito propenso ao fanatismo! Comunicar-se é preciso!

24 de nov de 2017

Horóscopo Chinês: 2018 vai ser o ano do cão

Em 16 de fevereiro de 2018, pelo horóscopo chinês, nós vamos entrar no ano do cão de Terra. E estaremos sob a sua influência até 5 de fevereiro de 2019.  Portanto, nós podemos dizer que o próximo ano vai ser propício a parcerias, a acordos, sugere um ano para a expansão, após aquele momento de introspecção pelo qual você já terá passado nesse ano de 2017 (confira os posts anteriores sobre as previsões 2018, porque eles vão se interligando). Será um ano propício para a comunicação, para o social.

O cão é fiel, mas tem dificuldade em encontrar a pessoa certa, logo, sai jogando charme pra todo lado e paquerando todo mundo. Ok, nada de mal. Não quer compromisso? Fique só, fique na sua! Não entra num namoro para pular cerca, entendeu? Como eu havia comentado em outro post, o que você fizer de bom ou ruim tende a se potencializar em 2018, ou seja, você vai pagar pelas consequências do que você fizer.

Uma característica bem forte do Cão é que os nativos desse signo odeiam desperdício. Isso fará com que o ano em que esse animal é o guardião, não existirá despesas desnecessárias e dívidas que não valham a pena. Assim, as chances de que 2018 tenha maior sucesso que o anos anteriores é enorme.

Agora, atenção! Tudo na vida tem o seu lado positivo e negativo. Se por um lado, 2018 tende a ser favorável a parcerias, há que se ter cuidado para que essa parceria não se torne dependência - seja no trabalho, na vida afetiva...

Se vai ser um ano propício a socializar, a sombra desse ano será a falta de vontade de socializar e também de confiar nas pessoas.

22 de nov de 2017

Orixá regente de 2018: Xangô

2018 vai ser o ano de Júpiter. Júpiter é o planeta de Xangô, que vai ser o orixá, dentro da cultura afro, que irá reger o próximo ano. E o que isso significa?

Xangô é o Orixá da justiça. Ele é justo e, se você vem plantando o bem, colherá o bem em 2018. Agora, se você vem plantando o mal... te cuida, porque a justiça de Xangô pune os mentirosos, trapaceiros, ladrões e todos aqueles que querem tirar vantagens dos outros. Ou seja, a gente pode dizer que, sob a influência de Xangô, 2018 vai ser o ano da Lei do Retorno.

Dominador das chamas e deus dos raios, Xangô controla sem piedade as forças do Universo e não há quem escape à justiça deste forte Orixá. Os seus olhos enxergam somente o que a alma expressa. Tentar enganá-lo é tornar a ainda pior a sua ira. As pessoas cruéis que escapam da condenação dos humanos, nunca se livrarão da justiça de Xangô.

16 de nov de 2017

2018 vai ser o ano de Júpiter

Daqui a pouco iremos renovar as promessas para o ano novo, que nem iremos cumprir, não é mesmo? Mas e daí? Algumas coisas fazem parte da vida, mas não exigem cobrança. Levar a vida muito a sério, eu, hein, pode resultar até em doença física. E esse não é o nosso objetivo, com toda certeza!

Então, vamos lá, renovar os nossos votos, matar a nossa curiosidade e buscarmos colocar em dia as nossas superstições para o ano de 2018. Sim, vamos bisbilhotar o ano que se avizinha e saber o que ele nos reserva.

O ano de 2018 vai ser regido pelo planeta Júpiter, a partir de 20 de março. Até o dia 19 de março de 2018, nós ainda estaremos sendo regidos por Saturno. E o que isso quer dizer?

Saturno pede introspecção, pede aquele olhar pra dentro. E você deve estar passando nesse ano de 2017, por um processo de revelações, de muitas coisas que até então você não enxergava, mas que começaram a se revelar pra você. Isso é Saturno. E até o dia 19 de março de 2018, Saturno nos coloca nessa introspecção, nos convida à reflexão e nos pergunta: Você já sabe o que quer da vida? Já traçou a sua meta? Tá entendendo que é pra jogar fora o que não serve mais? Que tem que desapegar? Já traçou a sua meta? - O momento agora pode ser doloroso, e geralmente é, mas é necessário e tem que ser aproveitado, porque não dá para passar pela vida acumulando pendências, é preciso resolvê-las, ou então o fracasso vai continuar, para falar um português bem claro. E esse fracasso pode ser no setor familiar, amoroso, financeiro, enfim, onde a coisa não estiver bem resolvida.

E após esse sacode, quem estiver no seu propósito, quem souber o que quer, vai contar com o apoio de Júpiter, e vai ter êxito, porque vai ter clareza para enxergar o que precisa e para chegar onde quer. Vou fazer uma analogia que ouvi numa palestra: A águia fica em cima da montanha observando tudo lá embaixo e quando visualiza o que quer, ela vai e dá aquele rasante certeiro. Então, essa é a proposta: Resolva suas questões agora, para que a partir de 20 de março de 2018, você possa começar a ter olhos de águia. Ok?

E quem não tiver certeza do que quer e nem conseguir resolver suas questões? Bom, quem não sabe para onde ir, qualquer lugar serve, não é verdade? O que é um probleminha vai virar um problemão!

Vamo que vamo!

Um abração!

13 de nov de 2017

O objetivo é alcançar a paz!

Você pode querer ajudar qualquer pessoa, mas se sentir que ela está resistente em aceitar ajuda, não força a barra, porque cada um tem o seu processo de amadurecimento, no seu próprio ritmo. E se você tentar interferir nesse processo, na marra, quem vai passar a ter problemas é você, pelo simples fato de que, ao interferir, você estará impedindo que essa pessoa aprenda a lição de que tanto necessita.

Uma coisa é fato, e você já deve ter muito por aí: A gente evolui pela dor ou pelo amor. Quando é pelo amor é mais suave, claro. Agora, quando a vida vem e nos dá aquela pancada pra gente acordar, nossa mãe, dói demais. E vai continuar doendo até que a gente aprenda a lição que precisa ser aprendida. Que lição? Cada um tem a sua! Vai da história de cada um!

A mãe diz pro filho: "Não coloca o dedo na tomada, não coloca o dedo na tomada, não coloca o dedo na tomada!" A criança faz o quê? Vai lá e coloca o dedinho na tomada e toma um choque monstro, mas aprende a lição que não deve colocar o dedo na tomada! Ela aprendeu a lição da pior maneira possível, mas aprendeu! Essa é a essência do que eu estou tentando passar para você - você 'dá um toque' a um amigo, se ele pegou, pegou, se não pegou, deixa ele levar o choque para que aprenda a lição!

Em muitos momentos da minha vida, confesso, eu forcei a barra para ajudar algumas pessoas. ainda que elas não estivessem 'nem aí'. Valeu a pena? Não! Eu não tinha, nem tenho, o direito de sofrer a dor de ninguém. Eu não sou Deus, nem Ele me deu a permissão para tentar resolver a vida de ninguém. Se nem Ele (Deus) está interferindo na vida de fulano ou beltrano, quem sou para ter essa pretensão, não é mesmo?

Esses dias mesmo, eu lancei uma frase a um conhecido, algo como 'seja mais positivo', e na mesma hora, ele muito irritado, com a própria vida, não comigo, respondeu algo do tipo, "não me vem com esse papo esotérico, de hyppie..." . E ai eu fiquei na minha! Em outras ocasiões, quando ele se mostrou receptivo a mim, e ao Zé tb, e trocou ideias com a gente, ele estava receptivo. Nesse último dia, não foi o caso. Então, é preciso respeitar!

O objetivo de todos nós é alcançar a paz. Dinheiro, fama, filhos, casa bonita, carrão, enfim... sem paz não valem de nada! E a gente só chega a esse entendimento após passarmos muitos invernos na vida. Por isso, a caminhada tem que ser individual e sem interferências.

É isso!

Um abração!